sábado, 30 de agosto de 2008

A questão da tentação

Comentei sobre isso no blog http://meublogspa.wordpress.com/.
Sigo meio enrolada na minha dieta, mas há muito tempo não desconto na comida os meus problemas, dores, angústias e vazios. Mas ontem, devorei com meu namorado um pacote de bolacha wafer. Eu comi devagar, lhama forever, mas não conseguia parar. Tava tão gostoso! Fazia tanto tempo que não comia bolcaha wafer... E eu não identifiquei nenhum mecanismo compensatório, eu estava saboreando mesmo aquele trem... Paladar infantil. Tão docinho, crocante... Gula pura! E confesso que gostei de comer por ter vontade. Tipo, comi feliz!
Mas eu não queria ser assim; gostar de comer doce. Eu queria ter vontade de comer moyashi, maçã, cenoura crua...

6 comentários:

Lara disse...

HEHEHE
Wafer é uma delícia mesmo, e não vai ser um pacote de wafer que vai colocar o esforço de uma semana toda no lixo né?
Ah amiga, será q se gostassemos de beliscar mação e cenoura seriamos gordinhas?
Eu hoje to que to viu... Ontem e hoje devorei um pacote de biscoito recheado de chocolate. Desde o fim de semana não consigo voltar a minha RA! Ô vida! Vou passar hoje no supermercado depois de fazer um cardapio seca tudo...
BOA QUARTA :)
BEIJOS, LARA

Andrea disse...

Pois é. Eu também gostaria de preferir maçã a chocolate. Mas acho que a gente vai aos poucos descobrindo que dá para combinar os dois. Neste final de semana, por exemplo, minha filha me pediu para fazer rocambole de doce de leite. Eu fiz e comi. Só não devorei tudo, como costumava fazer. Na verdade, comi três pedaços em três dias. Nada mal! O importante é você aprender com as derrapadas e procurar não repetí-las. Ou se repetir, que elas não aconteçam com muita frequência. Dessa maneira, tenho certeza que você vai conseguir. Beijo. Andrea

Beth disse...

Primeiro, vou pedir desculpas por demorar a voltar aqui, mas tem sido assim com todos os blogs amigos, viu? Falta de tempo, vida corrida e jamais falta de interesse, pode crer.
Agora, vou falar do post anterior. Não entendi a sua chateação por ter emagrecido 10kg. Um resultado bacana, a recompensa pelos esforços. Achou pouco? Por que teria que ser muito mais, minha linda? Por que teria que ser tão rápido um emagrecimento, já que o processo de engorda não aconteceu num estalar de dedos?
Tenha alegria com todo resultado positivo, valorize tudo que você conquistar, cada grama eliminado é um passinho dado à frente, na direção do seu objetivo, minha amiguinha. E antes você engordava, agora você emagrece, mesmo em um ritmo que não agrada a você, mas que é o ritmo que seu corpo está achando adequado, para dar tempo de se firmar, de você aprender mais e mais.
Sobre o Waffer, comeu com prazer, saboreou com alegria, não foi uma compulsão, foi a satisfação de uma vontade e estes pacotinhos nem são tão grandes. Não sendo uma coisa cotidiana, naõ faz mal. E você ainda comeu com outra pessoa! Fique tranquila.
Queria não gostar de doces? Ah, mas gostar de doces não é problema, lindona, desde que você cada vez mais assuma o comando, tá? E você está assumindo! Queria gostar de frutas? Vá enraizando o hábito de consumir uma e outra, aos poucos, saboreando, descobrindo o melhor jeito de cada uma lhe agradar. Transforme em hábito. E um dia, quando não comer, vai sentir falta, eu garanto. Jã estará gostando, pelo menos de algumas delas.
Beijo carinhoso, fique firme aí, tá?
Beth
http://aconquista.zip.net

Harete disse...

Oi Lara! CArdápio seca tudo é o q há! Só assim mesmo, né? Bjo!

Harete disse...

Andrea, adorei o que vc falou sobre aprender com as derrapadas! Bjo!

Harete disse...

Beth, seu comentário me incentivou a uma nova postagem. Mas eu havia escrito que emagreci 10 gramas, não dez quilos... :-)